ZUBAT

Kaiketsu Zubat é uma série televisiva tokusatsu de super-herói de 1977, com 32 episódios, criada por Shotaro Ishinomori e produzida pela Toei Company. Em 2011, o herói reapareceu ao lado de Kikaider, Inazuman e Kamen Rider Den-O, no filme "Let´s Go Kamen Riders!". Seu traje inspirou na criação do personagem Viewtiful Joe, da Capcom. O nome, Zubat, refere-se ao efeito sonoro "zubatto", de algo sendo atingido no alvo.

Seu alter-ego é Ken Hayakawa, um detetive particular que veste roupas de cowboy norte-americano e porta um violão branco. Após presenciar o assassinato de seu melhor amigo, Goro Asuka, pela organização criminosa Dakker, decide se vingar vestindo um traje especial vermelho - o "zubasuit" - que cabia dentro de seu violão. Ken é muito habilidoso com, praticamente, qualquer coisa, competindo com os vilões em categorias as mais diversas (uso do chicote, tocar guitarra, arremesso de facas, bilhar, pescaria etc). Seu traje lhe conferia ainda mais força e rapidez, mas poderia ser vestido por, até, 5 minutos - caso contrário, seus circuitos se sobrecarregariam e explodiriam. Suas principais ferramentas de combate ao crime são um chicote e o Zubat Car, um carro projetado por Goro Asuka como um Land Rover adaptado para auxiliar explorações espaciais. Após sua morte, Ken Hayakawa o construiu a partir de seus projetos. É movido a energia nuclear, capaz de atingir 350 km/h e voar (inclusive possui asas retráteis).



A miniatura na escala 1:64 que eu tenho do Zubat Car foi produzida em 2001 pela Hot Wheels em parceria com a empresa Bandai Co. Ltd., série especial "Charawheels", com descrições de produto "Zubatcar" e "Kaiketsu Zubat" no blister. É die-cast, com base e carroceria de metal injetado e pneus de plástico.

Confiram as fotos:

OS INCRÍVEIS

Os Incríveis (no original: The Incredibles) é uma animação computadorizada norte-americana de 2004, produzida pela Pixar Animation Studios e lançada pela Walt Disney Pictures. Arrecadou excelente bilheteria e resposta crítica muito positiva, além de ganhar o Oscar de "Melhor Longa-Metragem Animado" e "Melhor Edição de Som", o Annie Award e o Saturn Award de "Melhor Animação". Uma sequência ("Os Incríveis 2") foi lançada em 2018, e um videogame baseado no filme foi lançado para PlayStation 2, Xbox, GameCube, Game Boy Advance, PC e Macintosh.

Os Incríveis são um grupo de "Supers" (raça de humanos dotados de superpoderes) formado por uma família em que todos os integrantes têm alguma habilidade meta-humana. Beto Pera, o Sr. Incrível, é extremamente forte; Helena Pera, a Mulher-Elástica, é capaz de esticar seu corpo como se fosse constituído de borracha. Seus filhos são Violeta (a primogênita, que pode se tornar invisível), Flecha (capaz de correr extremamente rápido) e Zezé (o bebê que, aparentemente, não tem superpoder... até que, no final, se revelou o mais poderoso de todos). Os "Supers" já foram vistos como heróis - até que as ações de alguns, embora bem intencionadas, causassem mais danos colaterais do que salvamentos. Com isso, o governo passou a exigir que os "Supers" vivessem como civis, proibindo o uso de superpoderes. Beto Pera, assim, dividia sua rotina entre um entediante trabalho numa agência de seguros, ao dia, e no combate à criminalidade, à noite, junto com seu amigo Lúcio Barro - o Gelado. Até que é contatado por uma mulher para destruir um robô numa ilha com a promessa de uma grande recompensa. A missão é bem sucedida e Beto continua sendo chamado para destruir robôs cada vez mais fortes, até que perde uma luta e descobre que, na verdade, estava sendo usado como cobaia de experimentos do vilão Síndrome.

Nos tempos áureos de combate ao crime, o Sr. Incrível tinha como principal veículo o Incrivelmóvel, um sedã com muitos recursos de combate ao crime: reconhecimento de voz, GPS integrado para localizar criminosos, diversos modos de condução para perseguições mais rápidas, lançadores de foguetes, assento ejetável e outros gadgets, além de poder se transformar num carro normal. Foi pouco explorado no primeiro filme, mas retornou com maior destaque no segundo.



A miniatura na escala 1:64 que eu tenho do Incrivelmóvel foi produzida em 2018 pela Jakks Pacificic (uma empresa norte-americana de brinquedos e produtos de consumo que não tem foco em produção de miniaturas de veículos de escala 1/64), série "Incredibles 2", com descrição de produto "Incredibile". É die-cast, com base e carroceria de metal injetado e pneus de plástico.

Confiram as fotos:

JURASSIC PARK: O PARQUE DOS DINOSSAUROS

Jurassic Park: O Parque dos Dinossauros (Jurassic Park, no original) é um filme norte-americano de ficção científica de 1993 dirigido por Steven Spielberg, produzido pela Amblin Entertainment e distribuído pela Universal Pictures. Foi baseado no romance homônimo de Michael Crichton. O filme inovou pelos efeitos visuais que deram "vida" aos dinossauros - utilizando animação computadorizada e animatrônicos de tamanho real. Ganhou diversos prêmios, incluindo 3 Oscars por "Melhor Edição de Som", "Melhor Mixagem de Som" e "Melhores Efeitos Visuais" e ao BAFTA por "Melhores Efeitos Especiais"; arrecadou excelente bilheteria (a maior de todos os tempos, até o lançamento do filme Titanic, em 1997) e deu origem a uma franquia de quatro sequências ("Jurassic Park: O Mundo Perdido", "Jurassic Park III", "Jurassic World" e "Jurassic World: Mundo Ameaçado"), além de uma quinta a ser lançada em 2021. Em 2018, o filme foi selecionado para preservação no Registro Nacional de Filmes dos Estados Unidos pela Biblioteca do Congresso como sendo "cultural, histórica ou esteticamente significativo".

"Jurassic Park" é o nome de um parque temático localizado na Ilha Nublar, próxima à Costa Rica, habitado por dinossauros clonados a partir do DNA de insetos hematófagos pré-históricos preservados em âmbar, idealizado pelo milionário John Hammond (Richard Attenborough). Para se certificar de que o parque era realmente seguro para receber visitas, Hammond convidou vários especialistas - dentre eles o paleontólogo Dr. Alan Grant (Sam Neill) e a paleobotânica Dr. Ellie Sattler (Laura Dern) - para supervisionar suas dependências e as condições físicas dos dinossauros. Enquanto isso, o principal programador do parque tentava roubar embriões de dinossauros fertilizados a mando de uma empresa rival de biotecnologia, e, para acessar o armazenamento dos mesmos, desativa o sistema de segurança. Por essa razão, as cercas elétricas que mantinham os dinossauros separados das áreas de passeio são desligadas, permitindo o trânsito livre dos animais - especialmente um Tiranossauro Rex, que sai em caçada do grupo. Uma das cenas mais emblemáticas do filme é a perseguição aos Ford Explores XLTs, 1992, números 4 e 5, que transportavam os netos de Hammond e os drs. Grant e Ellie. Os veículos possuíam um sistema de auto-navegação e eram movidos por energia elétrica fornecida por uma trilha no solo. Sua velocidade máxima era de 20 m/s e os carros eram abastecidos de água, sinalizadores, lanternas e óculos de visão noturna para prover conforto aos visitantes.


A miniatura na escala 1:64 que eu tenho do Ford Explorer deste filme foi produzida em 2017 pela Matchbox, série "Jurassic World: Legacy Collection", com descrição de produto "93' Ford Explorer #5". É die-cast, com base e carroceria de metal injetado e pneus de plástico resistente.

Confiram as fotos:

YELLOW SUBMARINE

Yellow Submarine é uma animação britânica de 1968, do gênero comédia musical, produzida pela United Artists e King Features Syndicate. Foi bem sucedida nas bilheterias e teve excelente repercussão pública, especialmente pelo seu tom psicodélico e multicolorido numa época de cultura hippie, além da trilha sonora composta pela banda The Beatles. Uma sequência e um remake chegaram a ser cogitados, sem sucesso. Ainda hoje, o submarino amarelo rende diversas referências em desenhos animados, filmes, produtos e na cultura pop.

A animação se passa na fictícia Pepperland, um paraíso localizado a 80 mil léguas no fundo do mar. A banda do Sargento Pepper ("Sgt. Pepper's Lonely Hearts Club Band") está sempre tocando suas músicas, que ecoam por toda a cidade, e todos viviam felizes. Até que, um dia, os "Maldosos Azuis" (um povo que odeia música) conseguem aprisionar a banda num globo de vidro, lançam projéteis mágicos sobre toda a Pepperland, imobilizando seus habitantes, e, em seguida, começam a drenar a cor dos campos. O velho prefeito da cidade, antes de ser capturado, envia o marinheiro Velho Fred para fora de Pepperland em busca de ajuda. Velho Fred reativa o Submarino Amarelo e ultrapassa as fronteiras marítimas, chegando à Liverpool, no noroeste da Inglaterra, em busca de Ringo, John, George e Paul. O veículo em questão tinha 4 periscópios, era capaz de voar e realizar inúmeros truques, conforme a necessidade. Vários eventos se sucedem durante a viagem do quarteto no fundo do mar, com o submarino passando por regiões estranhas e enfrentando criaturas bizarras, sempre embalando alguma canção pelo caminho. Ao final, os verdadeiros Beatles, em "carne e osso", aparecem voltando para a casa.



A miniatura na escala 1:64 que eu tenho do Submarino Amarelo foi produzida em 2016, pela Hot Wheels, série "HW Screen Time" da linha básica, com descrição de produto "The Beatles Yellow Submarine", no blister. Por ser destinada às brincadeiras com pistas de corrida da marca, a miniatura conta com dois pares de rodinhas amarelas na base. Para o colecionador (que não tem por finalidade brincar com suas peças de exposição), a presença de rodinhas e vários detalhes destoantes do modelo original comprometem a estética do produto. Infelizmente, o mesmo padrão se repete na série Replica Entertainment, de 2018 (cujos produtos são destinados justamente aos colecionadores). É die-cast, com base de metal, carroceria com partes de metal injetado e partes de plástico, e rodas de plástico.

Confiram as fotos:


Abaixo, as indesejadas rodinhas da miniatura:

MINECRAFT

Minecraft é um videogame criado pelo desenvolvedor de jogos sueco Markus Persson e lançado pela Mojang em 2011. Trata-se de um jogo muito bem sucedido, com mais de 154 milhões de cópias vendidas, e um dos mais populares da plataforma sandbox 3D - que fornece ao jogador habilitação para criar, modificar ou destruir o ambiente - permitindo a criação de um "mundo" virtual 3D utilizando uma variedade de blocos. Também permite ao jogador explorar outros mundos, coletar recursos e combater adversários, podendo ser jogado em diferentes modos: sobrevivência (em que se deve coletar alguns recursos escassos para construir seu mundo), criatividade (com recursos ilimitados para construir), aventura (em que se joga dentro de mundos criados por outros jogadores), espectador (em que é possível mover-se livremente entre os mundos criados, mas sem capacidade de destruir ou construir) e hardcore (que assemelha-se ao modo de sobrevivência, mas com disponibilidade de apenas uma vida ao jogador). O gameplay é jogável tanto em primeira pessoa como em terceira pessoa. É possível jogar como jogador único ou multiplayer, e enfrentar personagens de inteligência artificial (animais gigantescos, monstros, aldeãos), chamados "mobs". Além do "Overworld" (a dimensão real), o jogo explora dimensões alternativas, acessíveis por meio de portais, como o "Nether" (semelhante ao inferno) e o "End" (terra estéril com muitas ilhas). Várias versões foram lançadas para computador pessoal (Minecraft: Java Edition, Minecraft for Windows 10, Minecraft Classic, Minecraft 4k e Minecraft: Education Edition), para Xbox 360, PlayStation 3, PlayStation 4, Wii U Edition, edições de bolso (Minecraft: Pocket Edition, para iOS, Android e Windows Phone), realidade virtual (Minecraft VR) e outras. O principal meio de transporte do jogador é o Minecart, um veículo padrão bloco 1 x 1 que se locomove exclusivamente por trilhos de trem a uma velocidade limitada a 8 m/s por eixo de deslocamento.


A miniatura na escala 1:64 que eu tenho do Minecart foi produzida pela Hot Wheels em 2017, série "HW Ride-Ons" da linha básica, com descrições de produto "Minecraft" e "Minecart" no blister. É die-cast, com base de metal, carroceria e pneus de plástico resistente. Há uma estrutura de borracha que permite "prender" um boneco compatível com sistema Lego dentro do veículo.

Confiram as fotos: